quarta-feira, 1 de setembro de 2010

A passagem pela ilha da Madeira

(clicar na foto)
Num post anterior acerca da viagem no Vera Cruz, contei algumas peripécias, a primeira delas, foi a de um militar que se atirou ao mar. Como estávamos perto da Madeira, o navio fez um desvio para deixar o acidentado na ilha.
Provavelmente, o companheiro de viagem, não aguentou a pressão da ida a caminho da guerra colonial.
A foto é do Fafe, tirada quando transportavam o homem numa balsa do navio.

1 comentário:

  1. Esta história, foi-me contada no Navio Vera Cruz num outro contexto, mais conveniente na época em que viviamos essa viagem, foi que um Soldado se encontrava doente, desde Lisboa que vinha a vomitar, tinha que ser evacuado porque o mesmo não iria aguentar a viagem até Luanda (Angola) e como estava-mos ao largo da Ilha da Madeira, era o local mais apropriado para o fazerem.

    Muitos camaradas nossos foram enganados com esta versão, assim como eu fui.


    Para todos os " FALCÕES " um abraço.

    E para ti Luís Cabral um forte abraço.


    João Celestino

    ResponderEliminar