quinta-feira, 12 de julho de 2018

Recordação do 44º ENCONTRO



O Pinto ofereceu aos participantes do 44º ENCONTRO esta garrafinha que acho um mimo !

sábado, 7 de julho de 2018

O quarto do Azevedo




O pessoal arranjava o seu quarto da melhor maneira possível, a mobília era feita da madeira dos caixotes, as cadeiras dos pipos de vinho, muita criatividade para ter mais conforto.

segunda-feira, 2 de julho de 2018

À porta de casa




O Azevedo, à porta de casa, mostrando o jardim. O pessoal valorizava o sítio para tornar o ambiente mais agradável.

sexta-feira, 22 de junho de 2018

Os depósitos viraram piscinas



Quando a água chegou ao Lucunga os depósitos das casas tornaram-se piscinas. Nesta foto o Azevedo está acompanhado do saudoso Carvalho e do Jovino.




terça-feira, 12 de junho de 2018

De férias, talvez em Carmona




Quando o pessoal saia do Lucunga, era uma festa. Desta vez o Azevedo está algures no norte de Angola.

quinta-feira, 7 de junho de 2018

Num jardim do Uíge




No jardim, provavelmente no Negage ou em Carmona. O Azevedo ia, muitas vezes ao Negage onde havia um pelotão de apoio, da mecânica.

sábado, 2 de junho de 2018

Azevedo, mecânico




Num momento de lazer, o Azevedo aproveitou para tirar uma foto com outro companheiro.


sexta-feira, 25 de maio de 2018

O Azevedo no capim



O capim era enorme, na envolvente da companhia tinha de ser cortado. No período de seca havia incêndios enormes que, terminavam sempre, na orla das matas.


domingo, 20 de maio de 2018

terça-feira, 15 de maio de 2018

O Azevedo e a "ferrugem"


O calor era muito, o pessoal tinha de aligeirar na roupa, como o Azevedo era mecânico, estava perto da "ferrugem" provavelmente a trabalhar.

quinta-feira, 10 de maio de 2018

Os elefantes no Lucunga




Volta e meia passavam no Lucunga caçadores de elefantes, a caça ao animal era proibida mas,
a maldade e ambição de alguns civis, em fazer fortuna, com os dentes dos animais, era enorme.
Na zona do Lucunga, havia imensa fauna nomeadamente elefantes, a nossa tropa não fiscalizava a caça ilegal, os caçadores dizimavam a espécie à vontade. 


domingo, 6 de maio de 2018

O "Reco" deixou-nos.



O João Ribeiro que carinhosamente tratávamos por "Reco" faleceu, paz à sua alma. Sentidos pêsames à família. Até sempre companheiro !

sábado, 5 de maio de 2018

Posando para a fotografia


O Azevedo posando para a fotografia, a da esquerda junto ao jardim da casa onde vivia, a da direita por debaixo da buganvília, na frente da casa do capitão.


segunda-feira, 30 de abril de 2018

O Azevedo no jardim




Outra foto, do Azevedo junto dum jardim. Para tornar a vida mais agradável, no Lucunga, o pessoal arranjava da melhor forma, a envolvente da casa onde vivia.

quarta-feira, 25 de abril de 2018

sábado, 21 de abril de 2018

Histórico de visualizações

             Histórico de todas as visualizações de página
140.031
Fico muito contente com o histórico de visitas, já ultrapassamos as 140.000, fantástico para um blogue de ex-militares ! Obrigado companheiros e amigos. 

      


sexta-feira, 20 de abril de 2018

O Azevedo de braços entrapados



O Azevedo, feriu-se nos braços, para mostrar resolveu tirar esta foto. Como pano de fundo o casario do Lucunga.

domingo, 15 de abril de 2018

O Azevedo não perdoava.




O pessoal gostava duma boa farra, desta vez entrava uma beldade da sanzala, o Azevedo não perdoava.