sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

Lucunga

Chegados a Luanda, viajámos para o norte, no MVL, através dos Dembos. Passámos na Damba onde ficou o meu grupo de reforço à CSS, o resto dos camaradas contínuaram para o Lucunga. Algumas semanas depois, fomos para o Lucunga, a tempo de passar o 1º dos 3 Natais em terras africanas.
O Lucunga era uma terra fantasma, o capim quase tapava as casas, era um sítio desolador. Pensar que teríamos de ficar ali muito tempo, era terrível, ver os nossos vinte e tal anos esgotados naquilo, dava vontade de chorar, algumas vezes chorei.
Agora, o tempo voa, na época, o tempo teimava em passar mas passou, agora cá estamos para contar algumas coisas, como tudo aconteceu.
A fotografia mostra o monumento deixado pela CART 3451, no Lucunga.

1 comentário:

  1. Na medida do possível e quando houver registo na memória, gostaria de ver mencionadas as datas dos acontecimentos referidos no blog. Obrigado.
    Aquele abraço, Santos Rita

    ResponderEliminar