sábado, 28 de agosto de 2010

Bem armado para a guerra

(clicar na foto)

Embora com pouco jeito para a guerra, tive de o arranjar, assim, sempre que ia para a mata, procurava cumprir e fazer cumprir os ensinamentos da instrução, sobreviver era a palavra de ordem.
Além da companheira de sempre, a G3, levava para a mata, mais 4 carregadores cheios, 2 granadas ofensivas e um dispositivo para aplicar na G3 que permitia o lançamento de granadas à distância do qual, não me lembro do nome.
A G3, foi uma companheira tão presente que me fez calos nas mãos, só desapareceram após o fim da comissão.

Sem comentários:

Enviar um comentário