segunda-feira, 14 de março de 2011

Os patos bravos

O nosso companheiro Carvalho (doutor) também conhecido por "trique-trique", por andar sempre a trautear uma música da época, gostava de fazer umas caçadas, junto a um charco, existente ao fundo da pista de aviação, no Lucunga.
Era engraçado vê-lo, com o seu estilo caracteristico de volta, arrastando o pato bravo que havia caçado.
Incrível a corpulência destes animais, os espigões das asas eram enormes, aves fantásticas.
Claro, à noite tínhamos pitéu, bem preparado pelo cozinheiro, muito regado...bons momentos para recordar.

Sem comentários:

Enviar um comentário