domingo, 29 de janeiro de 2012

Sentados a ver o tempo passar

Confortavelmente sentados a ver se o tempo passava, temos da esquerda para a direita o Pereira da Silva, Brás, Pexirra e o Guerra.
Os bancos eram feitos da madeira dos barris de vinho, havia entre os companheiros, óptimos artistas que, usando materiais rudimentares cuidavam do nosso conforto.

1 comentário: