quinta-feira, 31 de dezembro de 2020

2021


FELIZ ANO NOVO, para os companheiros e amigos da 
 CART 3451 com os votos de novo ano melhor que o anterior.

domingo, 20 de dezembro de 2020

Feliz Natal


FELIZ NATAL, para todos os companheiros e amigos da CART3451 que o Menino Jesus nos ajude a ultrapassar a crise que vivemos.

 

quinta-feira, 17 de dezembro de 2020

Homenagem aos companheiros tombados na Guerra colonial


Este monumento situa-se em Belém, Lisboa e homenageia os companheiros que morreram na Guerra Colonial, infelizmente a CART 3451 está representada pelo nosso companheiro Esteves, natural de Ranhados, Viseu
 

quinta-feira, 10 de dezembro de 2020

O crocodilo


Na fossa das viaturas, o Pereira da Silva com o famoso crocodilo caçado pelo Guerra. O pessoal da sanzala comeu o bicho, de carne branca e gelatinosa.

 

quinta-feira, 3 de dezembro de 2020

A jangada do Coji


Durante muitos meses, foi nesta jangada que atravessávamos o Coji. Na margem direita do rio tínhamos um destacamento. Aqui, vivenciamos a África na plenitude, muita fauna nos visitava, os hipopótamos e principalmente os elefantes.
 

quinta-feira, 26 de novembro de 2020

Os meninos do Lucunga


O nosso pessoal tinha um carinho especial com os meninos do Lucunga, aqui temos o Pereira da Silva com 3 meninos, um deles o Ambrósio, na frente em pé.

 

quinta-feira, 19 de novembro de 2020

quinta-feira, 12 de novembro de 2020

Os efeitos da guerra



                            Uma viatura que acionou uma mina, os efeitos terríveis da guerra.
 

quinta-feira, 5 de novembro de 2020

O lazer

Bem sentados nas cadeiras feitas da madeira de pipos de vinho,  P. da Silva, Brás, Pexirra e Guerra. O Lucunga no seu melhor.

 

sábado, 31 de outubro de 2020

Ernesto Pereira da Silva no capim




                    Ernesto Pereira da Silva no capim, devidamente equipado com catana, junto ao                                                                                            Lucunga.

sexta-feira, 2 de outubro de 2020

Filipe bebendo umas cervejas



Como era normal havia alguns momentos de descontração, bebia-se cerveja e comiam-se uns camarões!

 

domingo, 27 de setembro de 2020

Vândalos à solta

Hoje, deparei-me com esta barbaridade. Andam muitos "atrasados mentais" à solta na minha cidade. Sinto-me ofendido, espero que as entidades competentes mandem limpar e procurar os autores. 

A que ponto isto chegou !

 

sexta-feira, 25 de setembro de 2020

Pousando para a foto


No período de formação, penso que na semana de campo em Cortegaça. Da direita para a esquerda, o Filipe, Cunhal Patrício, Cardoso e penso, um elemento da Cart 3452.

domingo, 20 de setembro de 2020

Filipe e o Comandante da CART 3451


O Filipe e o comandante da nossa Companhia, F. Gil, ao seu lado o 2º comandante do Batalhão Pinto Simões, ao centro o comandante do Batalhão, já não me recordo do seu nome. Esta foto, foi do período de formação.

 

terça-feira, 15 de setembro de 2020

Prova do rancho



                  O Filipe provando o rancho, na companhia do cozinheiro Oliveira, já falecido.

quinta-feira, 10 de setembro de 2020

2º GC em Gaia


             Foto do 2º GC em Gaia, ainda na formação da Companhia, ao centro temos o Filipe .

quinta-feira, 3 de setembro de 2020

A marca da nossa passagem na Lembôa


Finalmente tenho material para publicar, desta vez o Filipe, comandante do 2º pelotão, enviou-me 6 fotos que começarão a sair a partir de hoje. Nesta foto, em grande estilo, junto ao monumento deixado na Lêmbôa.

terça-feira, 4 de agosto de 2020

terça-feira, 28 de julho de 2020

A falta de água


A falta de água, no Lucunga, foi um tormento, até aos 19 meses de comissão. Depois passamos a ter água canalizada. Nos dias de hoje, o Lucunga não tem água canalizada, tal foi o retrocesso.

terça-feira, 14 de julho de 2020

terça-feira, 7 de julho de 2020

Comendo a ração com o Brás



Na mata a comer a ração de combate, com o Brás. Desta vez, o Brás encostou-se, uma cobra passou-lhe por cima da mão, só deu conta, quando ela começou a passar em cima da outra mão.

terça-feira, 30 de junho de 2020

quinta-feira, 18 de junho de 2020

Na porta de armas do Lucunga





Com o Agostinho e o Salvador, junto à porta de armas, do lado da sanzala, Boas amigos que costumo rever nos ENCONTROS anuais.

sexta-feira, 22 de maio de 2020

O quinino



 A CLOROQUINA é o famoso QUININO que todos nós tomámos, nos dias de avião, quartas-feiras e sábados, no Lucunga em África !




domingo, 17 de maio de 2020

O distintivo da Companhia



O comandante de Companhia, colocando-me o distintivo da Companhia. Atrás de mim, da esquerda para a direita, está o Inácio, Lima, Agostinho, Malaquias e outros.

domingo, 10 de maio de 2020

Em Viana do Castelo





Na Avenida Central de Viana do Castelo, perante uma grande multidão, lá fomos nós a caminho da estação da CP, rumo ao cais de Alcântara. À esquerda o nosso companheiro escritor Cardoso e à direita, eu Luís Cabral.

quarta-feira, 29 de abril de 2020

O nosso companheiro escritor





O confinamento tem proporcionado óptima leitura. Acabei de ler “Os segredos de Beatriz”, Emporium Editora, o autor é o meu amigo e companheiro Manuel Fernando Ferraz Cardoso, a história romanceada passa-se nos Açores,  na sua ilha Terceira e tem como protagonistas principais Miguel e Beatriz. A leitura é fácil e fluida, a história é cativante. Parabéns Cardoso és um escritor de truz !

quarta-feira, 15 de abril de 2020

Na Damba




O Carta da CCS enviou-me esta foto, tirada em Dezembro de 1971, altura em que o 4º GC da 3451 ficou de reforço à CCS. Na foto, à esquerda está o Ramos, o Carta da CCS ao centro e eu à direita.

sexta-feira, 10 de abril de 2020

Proposta para o ENCONTRO 2021





O nosso companheiro João Celestino, telefonou-me propondo o exposto no post do Facebook, fiquei de falar com o pessoal da CART 3451, no ENCONTRO 2020.


ALMOÇO DE CONFRATERNIZAÇÃO DOS  ""  FALCÕES "" DA CART.3452 /BART3860.

Devido aos acontecimentos do COVID19 , este Ano não nos será possível concretizarmos os nossos sonhos de nos reunir-mo-nos  como sempre neste nosso GRANDE ALMOÇO ANUAL que se iria realizar  no dia 31 de Maio na Cidade de Vila do Conde . Mais informo que estamos em contacto com as  restante Companhias do BART.3860, CART 3450 e CART 3451 a FIM DE TODOS NÓS NOS REUNIRMOS NO ANO DE 2021 NO QUARTEL DA PESADA 2 , VILA NOVA DE GAIA , ONDE IREMOS FESTEJAR O 50º ANIVERSÁRIO EM QUE TODOS NÓS  NOS ENCONTRAMOS PELA PRIMEIRA VEZ  PARA FORMARMOS O BATALHÃO 3860,  A FIM DE SEGUIRMOS POSTERIORMENTE PARA VIANA DO CASTELO  TIRAR O I.A.O. E SEGUIRMOS DEPOIS PARA ANGOLA . CCS   PARA A DAMBA, CART.3450 PARA  CHIMACONGO .CART.3451 PARA O  LUCUNGA e CART.3452 PARA  MUCABA.DE  1971 A 1974. ABRAÇO PARA TODOS OS  ""  FALCÕES  "" .  PROTEJAM-SE DO COVID19 ???.

sábado, 4 de abril de 2020

segunda-feira, 30 de março de 2020

A mata era tremenda




A mata era tremenda, lá íamos nós de G3, passando perigos e mais perigos, para nada !

Atrás de mim, ia o Agostinho e o Barroso, valentes homens do norte.




terça-feira, 24 de março de 2020

Hoje a sobrevivência é outra




Na CART 3451, não se facilitava, as saídas para a picada e para operações, eram cuidadas, não fosse o diabo tece-las. Felizmente, tudo correu bem e sobrevivemos
.
Hoje, a sobrevivência é outra, o COVID 19, anda aí e temos de nos preservar, não saindo de casa ! Os ex-combatentes da Companhia são valentes e hão-de sobreviver.

sábado, 14 de março de 2020

segunda-feira, 9 de março de 2020

Suspenso o ENCONTRO 2020 em Rebordosa - Paredes



O IN passou a ser o COVID 19, o ENCONTRO 2020, programado para 14 de Março, em Rebordosa - Paredes, foi suspenso. Oportunamente, será marcada nova data, daremos conta aqui, no nosso blogue .

quinta-feira, 5 de março de 2020

Pacheco - Organizador do ENCONTRO 2020



Aproxima-se o ENCONTRO 2020, o pessoal da CART 3451 vai a caminho de Rebordosa - Paredes . 
O organizador do ENCONTRO é o  nosso amigo e companheiro Pacheco.
Aproveito para solicitar a todos que levem ou que mandem, material para alimentar o nosso blogue.


sábado, 29 de fevereiro de 2020

Os anos do Cardoso




Encontro de amigos, Filipe, Cabral e Cardoso almoçando no Reis, em Coimbra. Aproveitando a visita do companheiro e amigo, Cardoso a Coimbra, estivemos juntos, lembrando os tempos da nossa juventude por terras angolanas. Gostei muito !

Nesta data, 29 de Fevereiro, 4 em 4 anos, o Cardoso faz anos, grande abraço para ele que, conte muitos e bons !

quinta-feira, 27 de fevereiro de 2020

Falta de reconhecimento



Mais operações, mais capim e floresta, mais perigos de toda a ordem, os militares à força, ficaram fartos ! Após o 25 de Abril nunca foram reconhecidos, memória é coisa que os governos não têm.

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2020

João Portal Mesquita





                                                            
Chegou até nós a triste informação, do falecimento do nosso companheiro e amigo João Portal Mesquita, ocorrido no dia 2 do corrente mês de Fevereiro. Este FALCÃO, era natural e residente em Capelados de Aguiar, Pedras Salgadas, Vila Pouca de Aguiar.  A CART 3451 vê partir,  mais um dos seus homens, paz à sua alma, apresentamos à família os nossos sentidos pêsames.


terça-feira, 18 de fevereiro de 2020

Lendo Mário Soares




No jardim da messe, no Lucunga, quem diria... lendo um livro de Mário Soares,
na época um revolucionário, mais tarde, todos sabemos quem foi, uns gostaram dele outros nem por isso !

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2020

Estatuto do ex-combatente na AR hoje

Ex-combatentes em concentração garantem que não desistem do Estatuto

06 fev, 2020 - 19:00 • Lusa

O parlamento debate a 14 de fevereiro a proposta de lei do Governo e três projetos de lei, do PCP, do CDS-PP e do PAN.



Poucas dezenas de ex-combatentes da guerra colonial concentraram-se ao início da tarde desta quinta-feira frente à Assembleia da República para reforçar a exigência da criação do Estatuto do Antigo Combatente, mais importante que qualquer compensação financeira, garantem.
O passeio em frente à escadaria do parlamento foi suficiente para acolher as poucas dezenas de ex-soldados que hoje ali se concentraram, alguns fardados ou com apenas alguns elementos da sua farda militar, como as boinas, e que foram ladeando uma faixa negra com uma breve frase que pretendia traduzir um sentimento comum: “Humilhados e abandonados”.
A luta pela criação do Estatuto do Antigo Combatente é antiga e José Maria Monteiro, presidente da Associação dos Mais Jovens Combatentes do Exército Colonial, que convocou o protesto, garante que as concentrações a cada primeira quinta-feira do mês se vão manter até que o estatuto se efetive.

“Não vamos sair daqui enquanto não virmos o estatuto do antigo combatente aprovado”, disse.
O parlamento debate a 14 de fevereiro a proposta de lei do Governo e três projetos de lei, do PCP, do CDS-PP e do PAN. O Governo tem na sua proposta a intenção de atribuir um “complemento especial” de 7% a cada pensão por cada ano de serviço militar prestado, o que para José Maria Monteiro “não é nada”, e não é sequer o mais importante.
“No meu caso e de tantos como eu não reivindicamos aspetos financeiros, não reivindicamos dinheiro. Nós não queremos nomes de ruas, nós não queremos estátuas, não queremos nada disso. Nós só queremos uma coisa, que a pátria nos reconheça a nossa dignidade como combatentes”, disse à Lusa.
Mário Joaquim, ex-combatente, alertado pelo Facebook para a concentração de hoje e que pela primeira vez marcou presença, não está otimista em relação aos efeitos que manifestações como a de hoje possam produzir: “Espero muito pouco”.
Para explicar a razão, bastou-lhe olhar à volta.
“Para já vê-se aqui muito pouca gente, porque os militares que fizeram a guerra colonial estão todos a desaparecer, está tudo na casa dos 70 anos. Muitos já morreram. Acho que os políticos pura e simplesmente estão-se borrifando para nós. É o termo”, disse.
O ex-combatente foi enfermeiro na guerra colonial em Moçambique e graças à sua especialidade, contou, regressou em 1972 sem nunca ter sido confrontado cara a cara com os horrores da guerra, apenas com a necessidade de os tratar, camaradas e inimigos. Conseguiu garantir para si uma reforma com dignidade, mas sabe que isso não é verdade para todos.
“Felizmente, consigo viver sem nenhum problema. Há outros que não, há gente que esteve no ultramar e que está a sofrer muito. Têm pensões de miséria e esses, sim, deviam ser olhados e terem um complemento”, disse, concordando, ainda assim, com a ideia de José Maria Monteiro de que o mais importante é a criação do estatuto.
Joaquim Coelho, no entanto, na qualidade de coordenador nacional das associações de combatentes, garantiu não estar disposto a abdicar “dos mínimos”, propostos ao Governo numa reunião com a secretária de Estado de Recursos Humanos e Antigos Combatentes, Catarina Sarmento Castro, mas também vertidos no projeto de lei do PCP, que acolheu as reivindicações dos ex-combatentes como justas.
Querem que os ex-combatentes que recebem pensões abaixo do Salário Mínimo Nacional (SMN) não ganhem menos do que 75% do SMN e que todos aqueles que agora têm pensões que atingem, no máximo os 300 euros, possam ter um “aumento substancial” da pensão, de 5% ao ano até atingirem o valor do SMN.
Para os que já têm mais de 70 anos pedem uma pensão de velhice, no valor de 10% do SMN, o que dará uma compensação de cerca de 60 euros por mês a cada um.
“Isto é o que pedimos como mínimo”, disse, acrescentando que há ainda reivindicações específicas para os militares que sofrem de stress de guerra.
Segundo Joaquim Coelho são mais de 100 mil ex-combatentes “a passar mal” e muitos sem qualquer apoio familiar, a viver nas ruas, e que apenas contam com a ajuda de outros militares, que meios para o fazer, o que diz ser insuficiente.
“Tem que ser o Estado a fazê-lo”, exigiu.
Apesar de reconhecer a abertura do Governo para as reivindicações dos ex-combatentes, recusa aceitar a resposta da insuficiência orçamental, sugerindo que se recorra aos superavit da Segurança Social para garantir estes apoios.
O Governo apresentou ao parlamento, em 2018, uma proposta de Estatuto do Antigo Combatente, mas retirou-o em julho de 2019, antes do fim da legislatura, e estimou em sete milhões de euros o custo dos projetos de lei apresentados pelo PSD, CDS e PCP.
O ministro da Defesa Nacional, João Gomes Cravinho, justificou a retirada da proposta com falta de "tempo útil" e de "viabilidade" para criar um "consenso alargado" entre os partidos e anunciou que voltaria a ser debatido no novo parlamento, saído das legislativas de 06 de outubro.


terça-feira, 11 de fevereiro de 2020

Uns com tanto outros sem nada !



A minha melhor fotografia de África. Um dia passeando no Lucunga, encontrei a um canto esta orquestra de meninos, fiquei encantado. Com os objectos que tinham disponíveis, os meninos formaram uma orquestra e tocavam... recordo-me que fiquei emocionado !

quinta-feira, 30 de janeiro de 2020

Guerra colonial e imigrantes ingratos




O poder político vigente, na época da nossa juventude, sacrificou-nos enviando-nos para Angola, o nosso 25 de Abril acabou com isso e deu um passo em frente libertando aqueles povos. O que aconteceu a seguir foi triste, os portugueses tiveram de fugir com uma mão à frente e outra atrás.
Agora, fruto da nossa capacidade de bem receber todos aqueles que precisam de ajuda, temos em Portugal gente indesejável vinda das antigas colónias que, chegando ao nosso parlamento, exigem 
de volta "a arte indígena" africana, exposta nos nossos museus, ridículo. Por mim, podem levar tudo, incluindo a proponente de tal coisa, os portugueses estão a ficar fartos de gente ingrata !




segunda-feira, 27 de janeiro de 2020

Angola, precisa do seu 25 de Abril







Angola precisa do seu 25 de Abril, os portugueses abandonaram o país e entregaram-no a verdadeiros ladrões. Diziam que, defendiam o povo que distribuiriam a imensa riqueza mas, fizeram muito pior que os antigos colonos, roubaram  e lambuzaram-se, espoliando e maltratando o povo. A lista abaixo chegou até mim, é um verdadeiro escândalo… gostava de saber o porquê, da comunicação social portuguesa não a publicar !




👉🏼José Eduardo dos Santos: USD 7,9 Bilhiões

👉🏼Hélder Manuel Viera Dias Júnior“Kopelipa”: USD 2, 6 bilhiões

👉🏼Leopoldino Fragoso do Nascimento «Dino»: USD 1,8 bilhiões

👉🏼Manuel Domingos Vicente: USD 3,8 bilhiões

👉🏼Isabel dos Santos Dokolo: USD 12,7 bilhiões

👉🏼Tenente-Coronel Leonardo Lidinikeni (ex-oficial de escolta presidencial): USD 314,3 milhões

👉🏼José Lima Massano: USD 1.2 bilhiões

👉🏼José Filomeno dos Santos “Zenú”: USD 1,9 bilhiões

👉🏼José Leitão da Costa e Silva: USD 842,7 milhões

👉🏼José Maria (ex-chefe da Inteligência Militar): USD 854,3 milhões

👉🏼Jean-Claude Bastos de Morais: USD 2,5 bilhiões

👉🏼Armando da Cruz Neto: USD 213,7 milhões

👉🏼Álvaro Sobrinho: USD 1,7 bilhiões

👉🏼Elísio de Figueiredo(Embaixador): USD 1,8 bilhiões

👉🏼António Pitra Neto: USD 578 milhões

👉🏼Higino Lopes Carneiro: USD 1,2 mil milhões

👉🏼Carlos Hendrick Silva; USD 243,2 milhões

👉🏼General Fernando Araujo: USD 283,1 milhões

👉🏼Empresário António Mosquito e o Bancário 👉🏼Sebastião Lavrador: USD 213,8 milhões

👉🏼Marcel Kruse: USD 348,2 milhões

     Empresario e político Joaquim David: USD 854,9 milhões

👉🏼Administrador da Sonangol Abílio Sianga: USD 743,7 milhões

👉🏼Bancário Mário Palhares: USD 843,8 milhões

👉🏼Aguinaldo Jaime; USD 412,8 milhões

👉🏼António França “Ndalu” USD 312,9 milhões

👉🏼Amaro Taty: USD 232,9 milhões

👉🏼Diretor da ASCORP Noé Baltazar: USD 743,9 milhões

👉🏼Desidério Costa: USD 621,9 milhões

👉🏼Isaac dos Anjos: USD 312,8 milhões

👉🏼Faustino Muteka: USD 532,1 milhões

👉🏼Carlos Hendrick: USD 198,8 milhões

👉🏼António Vandúnem: USD 317,5 milhões

👉🏼Manuel Augusto da Fonseca(Sonangol): USD 429,2 milhões

👉🏼Orlando Veloso (ex-PCE da Sonangol Imobiliária): USD 512,7 milhões

👉🏼José Carlos de Castro Paiva, (ex-Administrador não-executivo da Sonangol): USD 312,1 milhões

👉🏼José Pedro de Morais: USD 542,7 milhões

👉🏼General Pedro Neto: USD 286,9 milhões

👉🏼Dumilde Rangel: USD 213,5 milhões

👉🏼Santana André Pitra: USD 267,4 milhões

👉🏼Hendrick Vaal Neto: USD 265,2 milhões

👉🏼Fernando da Piedade dias Santos Nandó: USD 623,7 milhões

👉🏼Salomão Xirimbimbi: USD 312,8 milhões

👉🏼Fátima Jardim (ex-Ministra das Pescas): 121,5 milhões

👉🏼Álvaro Carneiro (ex-director adjunto da Endiama): USD 276,9 milhões

👉🏼Ramos da Cruz: USD 163,8 milhões

👉🏼Gomes Maiato: USD 285,8 milhões

👉🏼Joanes Andre: 693,7 milhões

👉🏼João Eduardo dos Santos: USD 412,4 milhões

👉🏼Marta dos Santos: USD 1,2 bilhiões

👉🏼Bento Kangamba: USD 203,7 milhões

👉🏼Gonçalves Muandumba: USD 175,8 milhões

👉🏼Luiz Paulino dos Santos (ex-governador do Bié): USD 86,3 milhões

👉🏼Paulo Kassoma: USD 126,3 milhões

👉🏼Empresário Rui Santos: USD 1,8 bilhiões

👉🏼Mário António (Adm. da GEFI): USD 83,9 milhões

👉🏼Silva Neto (ex-administrador da Sonangol Distribuidora): USD 453,8 milhões

👉🏼Júlio Bessa (ex-Ministro das Finanças): USD 113,7 milhões

👉🏼Paixão Franco: 163,8 milhões

👉🏼Kundi Payhama: USD 217,8 milhões

👉🏼General Furtado: USD 198,4 milhões

👉🏼Ismael Diogo: USD 59,3 milhões

👉🏼Augusto Tomás; USD 846,1 milhões

👉🏼Generoso de Almeida; USD 213,6 milhões

👉🏼General Cirilo de Sá: USD 147,1 milhões

👉🏼Paixão Junior: USD 241,7 milhões

👉🏼General Adolfo Razoilo: USD 162,4 milhões

👉🏼Bornito de Sousa(actual vice-presidente da república): USD 317,4 milhões

👉🏼Gilberto Lutukuta: USD 98,8 milhões

👉🏼José Pedro de Morais: USD 312,8 milhões

👉🏼Empresário Fernando Borges: USD 134,2 milhões

👉🏼José Lopes; USD 73,9 milhões

👉🏼Irmãos Ceita: USD 421,7 milhões

Tenho pena dos angolanos !